Publicidade

 

Publicidade
 

Nova campanha mostra filosofia da marca que defende o Lifeaholic, o homem viciado em aproveitar a vida.

Na Francal deste ano, a marca de sandálias Rider apresenta aos visitantes novos modelos desenhados e produzidos no Brasil, que unem design e conforto, por meio da anatomia dos solados e da diversidade de cores e estampas, resultando em opções com estilo urbano e esportivo.

Em sua nova campanha, “Fuja da Mesmice”, a marca defende a filosofia de um mundo sem amarras e frescuras para homens que acreditam na liberdade de escolha, em viver intensamente, ter atitude, não seguir convenções e serem viciados em fazer a vida valer a pena.

 

fonte: francal.com.br

Tons como o amarelo, azul, laranja e o pink dividem espaço com opções mais neutras na coleção.

Especializada no desenvolvimento de calçados para o público infantil, a Lig Lé Baby apresenta aos visitantes da Francal 2015 os novos pares que devem calçar os pés dos pequenos durante a temporada primavera-verão 2015/2016.

Nesta estação, o destaque da marca são as sandálias infantis para meninas e meninos, que trazem em sua cartela, cores neutras acompanhadas por tons tradicionais do verão, como amarelo, azul, laranja e Pink. Há também novas sapatilhas de lurex, em combinação de cores e brilho.

O proprietário da Lig Lé Baby, Elem Martins, afirma que a expectativa para a feira é muito alta, graças a confiança na qualidade dos pares, que também possuem preço competitivo. “Agora é o momento de vendermos bem para que os lojistas consigam abastecer seus estoques”.

 

fonte: francal.com.br

 

 

 

Na cartela de cores para meninos e meninas, um dos destaques é o uso combinado de duplas e trios de cores.

Para sua coleção Verão 2016, a DOK une a necessidade dos pequenos e a moda desejada pelas mães, e cria versões de clássicos consagrados no guarda-roupa infantil. As peças seguem três temas: Navy Blue, figurinha carimbada da estação; Liberty, casa do romantismo nas peças, e o Folk, marcado pela influência dos anos 70 e a cultura hippie.

O grande destaque da estação é o lançamento de duas linhas inéditas. Para as meninas, a graciosa sandália Algodão Doce, e para os meninos, a sandália casual Carrossel, ambas com construções em papete e palmilha de EVA macio.

Os calçados são feitos a partir de combinações de materiais foscos e envernizados com tecidos variados, entre eles o jeans, que chega acompanhado de estampas diferenciadas e aplicações de gel em relevo. Para os dias muito quentes, a marca incluiu na coleção calçados feitos de nylon, material que facilita a transpiração para os pés.

A cartela de cores destaca o uso de duplas e trios de cores, tanto para meninos como para meninas. Para elas, é explorado um mix de tons quentes, incluindo papaia, cereja e carmim, e os mais calmos, azul marinho, celeste e verde jade. Já os meninos recebem itens sóbrios de cinza, gelo, branco, café e preto, mas também o marsala, uma seleção de azuis, vermelho, laranja e amarelo.

 

fonte: francal.com.br

 

 

 

Coleção para a estação traz ainda sandálias fechadas no calcanhar, tiras metálicas, e estampas geométricas e tribais.

A Havaianas se apegou às principais tendências do circuito da moda mundial para desenvolver a coleção da temporada primavera-verão 2015/2016. Entre as grandes novidades, e que vai estar presente na Francal 2015, é a linha de sandálias Star Wars, com estampas inspiradas nos principais personagens do filme.

Nas opções femininas, os modelos estampados seguem tendências do mundo fashion, como a Slim Tribal, a aposta em sandálias fechadas no calcanhar Luna Animals e a Freedom Candy. As mulheres podem esperar também por tiras de materiais diferentes, como a metálica presente na You, e os modelos com sola e tiras diferenciadas, Allegra e Tria.

Entre os homens, a linha Havaianas Sport traz novos modelos para relaxar os pés antes e depois dos exercícios. Já na categoria infantil, a marca oferece modelos inspirados no filme Jurassic World para os meninos, e a sandalinha fechada, Kids Joy, para as meninas.

 

fonte: francal.com.br

 

 

Peças recebem a aplicação de flores e hotfix nas cores rosa, vermelho, transparente e preto.

O mundo dos contos de fadas traz encanto e magia aos calçados da Contramão para a temporada primavera-verão 2015/2016, em que materiais como o vinil transparente e cristais inspiram o “sapato de cristal” moderno.

As peças apresentadas na Francal 2015 vão exibir a aplicação de flores, hotfix em cores como rosa, vermelho, transparente e preto, enquanto sapatilhas, alpargatas e o tênis, indispensável em looks descolados, recebem materiais nobres. As clássicas gladiadoras ganham o ar moderno por meio de recortes e aplicações de strass e de metais.

Outra novidade é a apresentação da Linha Baby, feita em parceria com a marca Maria Caramelo, com peças com numeração do 16 ao 23. As peças são feitas à mão e a partir de materiais nobres, como couro, tecidos diferenciados e pedrarias, todos eles analisados pelo IBTeC para que sejam adequados aos pezinhos delicados dos bebês.

 

fonte:francal.com.br

Gladiadoras surgem em versões flat ou com salto, em tiras mais largas e flexíveis. Estampa floral e bordados étnicos também são tendência para o verão.

A Beira Rio Conforto traduz as tendências mundiais com perfeição e alia design e tecnologia na coleção para a temporada primavera-verão 2015/2016. As peças expostas na Francal 2015 trazem estilo e conforto, com saltos mais estruturados de tamanho médio, lisos, texturizados ou ainda estampados.

Gladiadoras ganham espaço na estação e surgem em versões flat ou com salto, que contam com tiras mais largas e fivelas. Também marcam presença na coleção os modelos de slipper, slip on, mocassins e sapatilhas de bico fino com amarrações, com paleta de cores naturais, laser cut e estampas navy nos cabedais.

O floral com fundo claro é outra padronagem em destaque, assim como os bordados étnicos que refletem a moda urbana, e os metalizados, grande tendência da moda mundial, propondo brilho e modernidade aos looks do dia a dia.

As avarcas, as plataformas com altura média e as birken também estão entre as queridinhas da temporada, e chegam com aplicações variadas, incluindo metal, pedrarias, bordados e animal print, que garantem o toque casual e fashionista aos looks para os dias mais quentes.

Novo curso de férias da FASM - Faculdade Santa Marcelina sobre Coolhunting apresenta esta inovação na arte de definir moda e comportamento através da observação. Coolhunter é uma profissão ainda pouco conhecida. O que faz exatamente este profissional? E qual seu mercado de trabalho? Quais as técnicas que emprega e seus métodos de trabalho? Essas e outras questões serão apresentadas e respondidas no curso de férias Coolhunting, que está sendo lançado pela Faculdade Santa Marcelina – FASM.

Entre os dias 20 e 31 de julho, a doutora em artes Patrícia Sant’Anna e a Coolhunter e mestre em Design de Moda Layla Mendes, apresentam aos participantes, de forma prática, a arte de descobrir e ditar novas tendências de estilo e comportamento, através da observação. “O coolhunter colhe, identifica e interpreta prognóstico a partir de sua capacidade de observação crítica e visão de futuro”, explica Patrícia, que coordena o curso.

Conteúdo:

• Pesquisa de Tendências: histórico e metodologias.

• Etnografia do consumo.

• Coolhunting.

• Planejamento e Safari Fotográfico.

• Digital Coolhunting.

• Cruzamento de dados.

• Análise e desenvolvimento de relatórios.

Serviço:

Curso: Coolhunting

Local: Faculdade Santa Marcelina – Unidade Perdizes

Endereço: Rua Doutor Emílio Ribas, 89. Perdizes, SP.

Data: Dia 20 de junho até 31 de julho

Horário: 9 às 13 horas – 40 horas/aula

Telefone: (11) 3824-5800

As inscrições podem ser feitas pelo ou através do site www.fasm.edu.br

Fonte: www.couromoda.com.br

Famosos super-heróis retornam para as telonas do mundo inteiro com mais uma superaventura: Os Vingadores 2 - A Era de Ultron. No longa, os personagens da Marvel lutam contra Ultron, um terrível e perigoso vilão tecnológico que quer destruir a raça humana.

E, além de estrelar os principais cinemas internacionais, os super-heróis de Os Vingadores trazem cor e ação para a coleção de inverno 2015 da Sugar Shoes. Em modelos que variam entre os tradicionais vulcanizados da marca e joggings, os personagens Thor, Homem de Ferro, Hulk e Capitão América são destaques em combinações especiais.

Os tênis da linha Avengers – Age of Ultron estão disponíveis em uma numeração que vai do 23 ao 35 e vêm com um brinde exclusivo e funcional: relógio com imagens dos personagens do filme.

Fonte: couromoda.com

Bibi apresentou em Porto Alegre (RS) espaço que deve ser reproduzido em outras filiais

A Bibi Calçados inaugurou na última terça-feira, 17, no shopping Iguatemi de Porto Alegre (RS), um novo layout para suas lojas. O novo espaço, pensado em parceria com a Bebo Arquitetura, traz uma proposta que prioriza a experiência e as sensações, de acordo com a filosofia da marca que é "natural como andar descalço".

O espaço tem um visual mais aconchegante, com o uso da madeira para trazer uma sensação mais rústica e natural. Um dos destaques é o chão verde, que é feito de um material macio, como se estivéssemos pisando na grama (ele fez o maior sucesso com as crianças)! Outro detalhe que chama a atenção é a estrutura aparente, em que os suportes para lâmpadas são pintados de vermelho, numa atmosfera lúdica. Ao invés de espelhos, televisores refletem a imagem do calçado no pé, o que atrai a atenção dos pequenos.

A ideia, segundo o marketing da empresa, é preencher uma lacuna que faltava entre o conceito da marca e o visual da loja, trazendo toda a questão das sensações e da experiência para reforçar a naturalidade e conforto que está presente no produto. O plano é fazer essa mudança em toda a rede de 75 lojas gradativamente, adequando o espaço a esse pensamento.

Fotos: UseFashion/ Divulgação

Fonte: Usefaschion

 

 

 

Entidades avaliam os motivos que fizeram a economia crescer apenas 0,1% em 2014

A desaceleração da indústria brasileira puxou o resultado quase nulo do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no País. Os dados das Contas Nacionais, divulgados na última sexta-feira, dia 27, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelaram que o índice verde-amarelo cresceu 0,1% em 2014, no comparativo com 2013, e alcançou R$ 5,52 trilhões (valores correntes). Essa foi a segunda pior variação anual do PIB desde 2000, perdendo apenas para o resultado de -0,2% de 2009. Pela ótica da produção, dentre os segmentos analisados, a indústria apresentou queda de 1,2%. Os outros segmentos, a agropecuária e os serviços, tiveram aumentos de 0,4% e 0,7% respectivamente. "Por si só é um número que significa zero, não houve crescimento real. É claro que existiram componentes de caráter macroeconômicos que causaram essa situação. Se fôssemos buscar alguma razão mais forte para esse resultado, teríamos que destacar a questão do equívoco da política econômica do País aplicada a partir do final de 2013 com incentivo ao consumo. As condições não estavam para esse mecanismo, que deu resultado em 2010 e 2011, o efeito não seria o mesmo porque já havia uma retração forte na atividade industrial, um crescimento da inflação, entre outros fatores. Sem dúvida esse resultado passa por erros do governo", analisa o presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, ao ressaltar que esse número, até mesmo pior, já era esperado, por causa da inflação estimada entre 6 e 7%. Dentre as subcategorias da indústria analisadas em 2014, as que tiveram as maiores retrações foram a construção civil com 2,6% e a indústria de transformação com 3,8%, em relação a 2013. Há cerca de uma década, o setor industrial perde participação na economia brasileira. A representação da indústria de transformação passou de 17,9%, em 2004, para 10,9% no ano passado. "Falta uma política industrial que gere um ambiente no qual todos os setores produtivos tenham as mesmas condições de competitividade, pois o que vimos até agora foram apenas medidas pontuais e paliativas", comenta o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), Heitor José Müller.

Ano de ajustes e com retrocesso

Que este ano será de ajustes na economia, não é novidade. Segundo o presidente-executivo da Abicalçados, os ajustes fiscais que o governo vai promover podem ter reflexos negativos no futuro."Além dos cortes nos benefícios sociais já anunciados, é preocupante o ímpeto do governo federal em aumentar a carga tributária sobre as empresas. Isso é um retrocesso. Assim, o setor que poderia contribuir para uma provável recuperação no PIB de 2015 não conseguirá ajudar:'

Reversão passa por gargalos

Para Müller, problemas estruturais têm que ser revistos para alteração dessa situação. "A reversão do atual cenário da indústria passa pela solução dos gargalos estruturais, tais como logística, energia, tributação e custo da mão de obra", diz o presidente, ao lembrar que entre 2004 e 2008, a perda de participação da indústria ocorria porque o PIB do setor avançava a uma taxa menor na comparação com os demais (agropecuária e serviços), apesar de apresentar crescimento. "No entanto, de 2008 a 2014, esta situação mudou significativamente.

A queda passou a ser observada a partir do encolhimento da própria indústria, Enquanto a economia brasileira expandiu a uma taxa anual média de 2,6%, a indústria apresentou recuo médio de 0,2% ao ano", conta Müller, ao comentar que o resultado do PIB brasileiro muito próximo da estagnação é ruim para um País cuja renda média ainda é bastante baixa.

Pausa no crescimento econômico

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, também comentou o resultado do PIB brasileiro de 2014, Em nota, Tombini disse que os dados divulgados das Contas Nacionais confirmam a pausa no crescimento econômico no ano. "Por outro lado, a revisão das estatísticas decorrente de aprimoramentos metodológicos incorporados pelo IBGE revelou um quadro de maior expansão da atividade econômica desde 2012, como já evidenciado para 2011, de participação mais elevada do investimento na economia e de melhores indicadores de solvência do País", afirmou no comunicado, ao fazer ainda uma visão prospectiva. "Não obstante a evolução desfavorável da atividade no curto prazo, os ajustes macroeconômicos em curso tendem a construir bases mais sólidas para a retomada da confiança e do crescimento econômico", avalia.

Fonte: Jornal NH

 

 

 

Page 6 of 20

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não